Colchão Magnético: Benefícios e Malefícios

Atualizado em

Os colchões magnéticos são muito procurados por pessoas que buscam um sono mais restaurador e revigorante, mas quais são os seus reais benefícios e malefícios?

Colchão Magnético: Benefícios e Malefícios

Dormir em um colchão magnético é bom para a saúde dos seus usuários. Mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre os possíveis malefícios desse produto. Como você está aqui, acredito que seja o seu caso também.

Nesse artigo eu explico melhor o que é e como funciona um colchão magnético, além de falar sobre quem não pode usar esse tipo de colchão e os possíveis efeitos colaterais.

Vamos começar?

Benefícios dos colchões magnéticos

Casal de meia idade deitados de pijamas sobre um colchão

Os colchões magnéticos são produtos terapêuticos, que promovem diversas melhorias no organismo dos seus usuários. Os principais benefícios dos colchões magnéticos são:

  • Diminuição de dores e inflamações
  • Melhoria do vigor físico e da disposição
  • Aumento na oxigenação do sangue
  • Amenização do estresse
  • Melhorias no sono e no humor
  • Alívio da fadiga

Colchão magnético: para que serve?

Os colchões magnéticos, ao contrário do que muitos pensam, não é muito diferente de um colchão comum. Normalmente, são feitos com uma base ortopédica de EPS, uma camada de espuma padrão e uma camada superior de espuma piramidal (também conhecida como rabatan ou “caixa de ovo”).

Colchão magnético com espuma piramidal (rabatan) e EPS

É nessa última camada que o colchão magnético se diferencia. O fabricante adiciona pastilhas magnéticas nas cavidades da espuma piramidal, criando um campo magnético. Também é bastante comum adicionarem pastilhas de biocerâmica com metais nobres, capazes de emitir raios infravermelhos longos, do mesmo tipo emitido pelo Sol.

 

Lâmina de espuma piramidal (rabatan) com pastilhas magnéticas e de infravermelho longo

Com essas características especiais, esses colchões passam a ser terapêuticos, com diversas vantagens para os seus usuários.

Magnetoterapia

A magnetoterapia é uma prática da medicina alternativa bastante conhecida. Sua origem remonta ao século XV, pelo médico suíço-alemão Paracelso, mas muitos estudiosos dizem que a prática já existia na China há milhares de anos.

Nessa terapia são usados os campos magnéticos de ímãs para melhorar a circulação de algumas células e substâncias corporais, como a hemoglobina e a água. No caso dos colchões magnéticos, os ímãs são encontrados em forma de pequenas pastilhas pretas. [1]

 Os principais benefícios do colchão magnético com magnetoterapia são:

  • Alívio de dores na região lombar, diminuindo as inflamações
  • Prevenção de varizes, cãibra, tensões e dores musculares, melhorando a circulação
  • Auxilio na desintoxicação do organismo, ajudando a eliminar depósitos de cálcio e outras toxinas
  • Ajuda no controle da pressão arterial

Terapia de infravermelho

A terapia de infravermelho consiste no uso de pastilhas que emitem raios de infravermelho longo, de 4 a 14 mícrons. Esses raios, bastante similares aos emitidos pelo Sol, conseguem penetrar na sua pele e auxiliar o seu organismo de diversas maneiras. Por conta disso, essas pastilhas são muito conhecidas como “pastilhas do Sol”.

Os principais benefícios do colchão magnético com terapia de infravermelho são:

  • Diminuição do ácido lático
  • Melhoria na circulação sanguínea
  • Incentiva a renovação celular
  • Intensifica a desintoxicação do corpo
  • Auxilia na redução de dores nas articulações
  • Combate à insônia

Vibroterapia

A vibroterapia é uma opção especial, que você não encontra em todos os colchões magnéticos. Ela é praticada por um sistema de motores no interior do seu colchão, que vibram e emitem  ondas eletromagnéticas.

Essas vibrações auxiliam na prevenção de problemas circulatórios, diminuindo a retenção de líquidos. E, como esse tipo de colchão magnético funciona como um sistema de massagem, elas também ajudam você a relaxar e se livrar das tensões causadas pelo estresse. [1]

Os principais benefícios do colchão magnético com vibroterapia são:

  • Estímulo à circulação, ajudando na distribuição de nutrientes e do oxigênio para as células do seu corpo
  • Auxilia a renovação celular promovendo a eliminação de toxinas, prevenindo o envelhecimento precoce 
  • Combate a insônia e irritabilidade ao promover relaxamento e diminuir os sintomas do estresse

Colchão magnético substitui medicamentos?

O colchão magnético pode ser um aliado poderoso no alívio de dores e na melhoria da sua circulação, mas ele não é uma solução milagrosa para os seus problemas.

Homem idoso fala com ortopedista enquanto sente dor nas costas

Os colchões magnéticos foram criados como uma terapia auxiliar aos tratamentos indicados pelo seu médico. Você não deve interromper nenhum tratamento com medicamentos ou fisioterapia sem indicação de um especialista. Isso vale mesmo se você sentir melhorias com o colchão magnético, ok?

Dica do editor: ao buscar um colchão magnético você pode encontrar vendedores que vão tentar te convencer que esse produto vai resolver todos os seus problemas do dia para noite, principalmente os que são vendidos por marketing multinível. Tome cuidado!

Quem não pode usar colchão magnético?

Com medo de possíveis malefícios do colchão magnético, muitas pessoas optam por outros modelos. Mas, ao contrário do que se pensa, os colchões magnético são bastante seguros para a maioria das pessoas.

Crianças e adolescentes podem usar colchões magnéticos?

Menina sorridente deitada sobre colchão

Sim! Eles são muito indicados para crianças agitadas, que sofrem com dificuldade de dormir, já que um dos seus diferenciais é combater a insônia.

Pessoas com pinos metálicos e próteses podem usar colchões magnéticos?

Sim! As pastilhas magnéticas não são fortes o suficiente para causar nenhum desconforto em pessoas que possuem pinos cirúrgicos ou são usuárias de próteses metálicas. Além disso, dormir em um colchão ortopédico magnético pode ajudar na recuperação após cirurgias em geral, ao incentivas a circulação sanguínea no local afetado

Gravidas podem usar colchões magnéticos?

Sim! Não existe nenhuma evidência de que grávidas e bebês sejam afetados negativamente pela magnetoterapia e terapia de infravermelho.

Grávida dormindo de lado em colchão com a mão sobre a barriga

Considerando que um dos maiores problemas para as gestantes é a má circulação e retenção de líquidos, um colchão magnético pode ser um grande parceiro para as futuras mamães.

Usuários de marcapasso podem usar colchões magnéticos?

Não! Os colchões magnéticos não são indicados para usuários de marcapasso, pois as pastilhas podem promover uma diminuição da vida útil da bateria do aparelho, descarregando mais rapidamente.

Hoje em dia, já existem aparelhos de marcapasso que são blindados, o que os protege de radiações eletromagnéticas. Na dúvida, verifique com seu cardiologista se o colchão magnético é a opção correta para você.

Efeitos colaterais do colchão magnético

Colchões magnéticos, em geral, não trazem nenhum malefício à sua saúde. Entretanto, algumas pessoas mais sensíveis podem sofrer efeitos colaterais ao usar o produto.

Os principais efeitos colaterais dos colchões magnéticos são:

Pode causar tontura e enjoo

Algumas pessoas podem sentir uma queda de energia e palpitações cardíacas usando colchões magnéticos. Esses efeitos normalmente são seguidos de tontura, náusea e enjoos. [1]

Pode causar diminuição da pressão arterial

Uma parcela pequena dos usuários pode sofrer uma diminuição na pressão arterial. Caso isso ocorra, é possível que você sinta franqueza e tontura, que pode levar a desmaios.

Pode causar dor localizada em áreas sensíveis

Dependendo do seu organismo, o estímulo causado pelo campo magnético pode causas coceira, dor e sensibilidade em áreas mais sensíveis que tenham contato direto com os ímãs.

Caso isso ocorra, você pode tentar contornar o problema aumentando a distância do seu corpo para os magnetos. No mercado são encontrados diversos modelos de pillow top, um acessório que vai por cima do seu colchão.

Dica do editor: se algum desses sintomas for percebido, o melhor caminho é interromper o uso do colchão e buscar orientação com seu médico. Esses efeitos colaterais não apresentam um grande risco á saúde por si só, mas é sempre bom agir com cautela nesses casos já que podem ser indícios de questões mais perigosas.

Em resumo…

Mesmo sem comprovação total dos seus benefícios pela ciência, os colchões magnéticos são adorados por milhares de usuários. É fácil de encontrar fãs do produto, dizendo que acordam muito mais dispostos e relaxados pela manhã.

Faça sua pesquisa e conheça dos modelos disponíveis no mercado. O colchão magnético pode ser a opção perfeita para você também!

Índice